Xiaomi escolhe Beijing como sede para fábrica de primeiro carro elétrico

A Xiaomi já escolheu a cidade na qual vai construir a fábrica para produzir seu primeiro carro elétrico. A companhia fechou acordo com um comitê da Área de Desenvolvimento Econômico-Tecnológico de Beijing e vai firmar a sede da divisão automotiva em Yizhuang, subúrbio da capital chinesa.

A construção da planta, que também vai abrigar o setor de pesquisa e desenvolvimento da empresa, será conduzida em duas fases. Em cada uma, estipula-se a entrega anual de 150 mil veículos movidos a bateria, de acordo com o jornal South China Morning Post.

Os rumores sobre a entrada da Xiaomi no mercado de carros elétricos começou ainda em março, quando a montadora teria contratado uma consultoria da Great Wall para acelerar seu projeto automotivo. Seis meses depois, foi anunciada a criação da Xiaomi Automotive, com a admissão de 300 funcionários e um investimento inicial de 10 bilhões de yuans (aproximadamente R$ 8 bilhões em conversão direta).

À época do registro, a Xiaomi ainda buscava uma empresa parceira para construir sua fábrica de carros elétricos. Foram 85 visitas a instalações industriais, entre elas as de BYD, Great Wall, Wuling Motors e Saic. Ao que parece, este plano inicial agora foi desfeito.

Governo chinês elogia Xiaomi

O Partido Comunista da China anunciou a assinatura do acordo por meio de sua conta oficial no WeChat e elogiou a Xiaomi por sintetizar a “excepcional tecnologia chinesa” e implantar práticas de fabricação inteligentes.

Funcionários da zona econômica de Beijing também disseram, segundo o South China Morning Post, que darão total suporte à nova montadora e que esperam dar início à linha de montagem o mais rápido possível. A primeira etapa de fabricação está prevista para começar em 2024.

Na mesma área onde ficará a fábrica de carros elétricos da Xiaomi, também estão sediadas a empresa de tecnologia Baidu — dona do principal motor de busca da China — e a fabricante de semicondutores SMIC (Semiconductor International Manufacturing Corporation).

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/2021/11/30/carros-e-tecnologia/xiaomi-escolhe-beijing-como-sede-para-fabrica-de-primeiro-carro-eletrico/

Deixe seu comentário