Covid-19: com vacina e sem casos, Palau está perto de se livrar do coronavírus

O Palau pode se tornar um dos primeiros países do mundo totalmente livre da Covid-19. De acordo com as informações da OMS (Organização Mundial da Saúde), a República do Palau não registra novos casos da doença desde o início da pandemia.

Um dos destaques no combate a Covid-19 foram as medidas de isolamento social adotadas na país logo no início da pandemia. Com o aumento repentino de casos na Ásia, ainda em janeiro de 2020, o Palau começou a aplicar medidas restritivas. Em março todas as fronteiras foram fechadas como medida de contenção do vírus.

O governo local também adotou a prática de testes em massa para registrar e isolar casos da doença na população composta por 18 mil habitantes. Nesta segunda-feira (4) o país divulgou um novo relatório sobre os números da pandemia. Dos mais de 3.300 testes realizados desde abril de 2020, todos deram resultado negativo.

Vacinação começou em janeiro

O Palau recebeu na última semana 2.800 doses de vacinas da farmacêutica Moderna. As primeiras doses vindas dos EUA começaram a ser aplicadas no último domingo (3).

O ministro da saúde, o médico Ritter Udui, declarou que o país está em uma posição única. Com acesso às vacinas e por estar localizado em uma região relativamente pequena, fica mais fácil conduzir uma campanha de imunização bem-sucedida.

De acordo com Udui, não será obrigatório receber a vacina contra a Covid-19 e o objetivo é imunizar pelo menos 80% da população: “Esperamos alcançar a imunidade de rebanho (através do programa de vacinação).”

Palau livre da Covid-19

Ministro da saúde do Palau e a médica geriatra Sylvia Osarch, primeira pessoa a receber a vacina no país. Imagem: CNN/Reprodução

Uma médica de 60 anos, Sylvia Osarch, foi a primeira pessoa a ser vacinada no Palau. Osarch disse estar animada e espera que sua atitude seja um exemplo positivo para que a comunidade também procure ser vacinada: “Quero dizer à comunidade que tomei a vacina para protegê-los. Então, quando for a vez deles, por favor, tome para nos proteger, os profissionais de saúde”.

O país escolheu receber vacinas da Moderna por conta da possibilidade do armazenamento seguro em refrigeradores convencionais. Segundo Udui, o Palau não possui instalações adaptadas para conseguir armazenar a vacina desenvolvida pela Pfizer, que demanda ambiente com temperatura controlada de -70 graus centígrados.

Em dezembro de 2020 o Palau recebeu sua primeira câmara fria capaz de armazenar até 5 mil doses de vacinas da Pfizer.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/2021/01/06/coronavirus/covid-19-com-vacina-e-sem-casos-palau-esta-perto-de-se-livrar-do-coronavirus/

Deixe seu comentário