WhatsApp beta para iOS recebe ferramenta para busca de stickers

Em outubro, o WhatsApp liberou para os usuários da versão beta de Android, conhecida por 2.20.202.8, a possibilidade de pesquisar os stickers instalados no smartphone. Agora, a novidade chega aos usuários de teste do iOS.

Para verificar a implementação da novidade, é necessário se certificar de que o mensageiro foi atualizado para a versão de testes 2.20.130.19. A partir disso, basta abrir a seleção de stickers e procurar pela barra de pesquisa, localizada na parte inferior da tela.

Reprodução

Barra de pesquisa fica localizada no canto inferior da tela. Foto: WABetaInfo

A busca é feita a partir de termos específicos ou emojis. Ainda é possível pesquisar por categorias, como feliz, amor, tristeza e raiva.

Reprodução

Figurinhas ficam separadas por categoria com a nova atualização. Foto: WABetaInfo

Vale lembrar que, apesar de disponível para os usuários da versão beta do iOS, não há previsão de quando a novidade chegará para todos os utilizadores do WhatsApp. No entanto, considerando o histórico da empresa, isso pode acontecer em breve.

Banimento de contas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou na última quinta-feira (19), que foram excluídas mais de 1.000 contas do WhatsApp durante o período eleitoral por disparos em massa de mensagens, o que viola os termos de serviço da plataforma.

Entre 27 de setembro e 15 de novembro, foram 4.759 denúncias realizadas pelo canal oficial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que formalizou uma parceria com o aplicativo. Uma parte das denúncias foram descartadas por não estarem ligadas diretamente às eleições, no entanto.

O restante delas, 4.630, foi encaminhado para o WhatsApp para análise, com 3.236 contas consideradas válidas e 1.004 irregulares, que foram banidas. O aplicativo, no entanto, diz que seus sistemas já haviam banido 63% delas previamente, antes de serem reportadas pelo TSE, graças às ferramentas de proteção e integridade do app.

Enquanto o segundo turno se desenrola em várias das principais cidades do Brasil, o TSE segue orientando cidadãos a denunciarem conteúdo abusivo que circula pelo WhatsApp. “O disparo em massa é uma prática proibida e passível de punição durante as eleições”, defende Aline Osorio, secretária-geral da presidência do TSE.

Para realizar uma denúncia, é necessário acessar à página do TSE, que conta com um formulário para coletar as informações sobre a mensagem e o remetente, incluindo o número telefônico, permitindo a análise da situação.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/whatsapp-beta-para-ios-recebe-ferramenta-para-busca-de-stickers/110446

Deixe seu comentário