Google Street View contará com imagens feitas por usuários

O Google Street View vai passar a contar com imagens gravadas por motoristas do mundo inteiro. Um novo recurso está sendo testado na versão para Android do aplicativo que transforma celulares dentro de veículos em câmeras que coletam dados para o banco de dados do serviço. Assim, qualquer um dirigindo um carro poderá deixar o smartphone funcionar como uma câmera para gravar as ruas das cidades.

O novo recurso será chamado de “Modo de Direção”. Com ele, a inteligência artificial da gigante da tecnologia desfocará os rostos durante as filmagens de forma automática, assim como placas de automóveis. Apesar de as capturas não serem em 360º, a empresa espera que elas sejam suficientes, pois deverão ser reagrupadas posteriormente em um único panorama.

A ferramenta parece estar em teste para alguns usuários com a versão mais recente do aplicativo no sistema Android.

Reprodução

A intenção é que grandes carros da Google sejam auxiliados por câmeras sutis dos usuários. Créditos: Rob Wilson/Shutterstock

Privacidade

A expectativa é que o novo serviço do Google Street View amenize preocupações relacionadas à privacidade. De maneira mais sútil, a plataforma poderá fazer registros de estradas e locais que ainda não foram mapeados, como grande parte da América do Sul, África, Ásia e Oriente Médio. Inclusive, nestas áreas, o aplicativo foi banido ou restringido justamente por questões de privacidade.

De qualquer forma, não é a primeira vez que a Google tenta adicionar esta ferramenta ao Street View. Em 2010, a empresa sugeriu o recurso pela primeira vez, mas a ideia foi arquivada depois de preocupações contínuas com privacidade.

Agora, com a adição do desfoque por meio de IA, quando anteriormente a ação era feita de maneira manual, o sistema parece estar finalmente pronto para ser colocado em prática.

Reprodução

Com o novo recurso, vários locais e estradas que ainda não foram registradas pela Google poderão ser mapeadas. Créditos: Cineberg/Shutterstock

Concorrentes

A Google realmente tem que correr se quiser manter-se em alta como aplicativo de mapas, pois algumas outras concorrentes já querem seu lugar como líder neste mercado. Em março deste ano, o Facebook, em parceria com a Microsoft, abriu seu serviço Map With AI para o mapa de código aberto OpenStreetMap (OSM) expandir sua cobertura de estradas. Já em junho, a rede social adquiriu a plataforma colaborativa Mapillary.

Isso quer dizer o produto usa imagens capturadas por qualquer usuário para montar mapas com vista da rua, como o Google Street View. Ao caminhar, andar de carro ou bicicleta, o usuário aciona o aplicativo, que tira uma foto a cada 30 segundos; depois esse material é enviado aos servidores da Mapillary por meio de uma rede Wi-Fi e é usado para compor os mapas.

Já a Apple, que também quer estar no ramo, lançou no ano passado o recurso Look Around do Apple Maps, que começou a ser expandido para outras regiões do mundo além dos Estados Unidos. O segundo país a receber a funcionalidade foi o Japão, e usuários da empresa nas cidades de Tóquio, Osaka, Nagoya e Kyoto já podem observar fotos das ruas dentro do aplicativo de mapas.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/street-view-contara-com-imagens-feitas-por-usuarios/110014

Deixe seu comentário