Fortnite pode voltar ao iPhone graças à Nvidia

Usuários de iPhone e iPad estão próximos de ter Fortnite de volta aos seus dispositivos, apesar da briga entre Epic Games e Apple já ter tomado escalas judiciais de discussão. Segundo a BBC, isso deve ocorrer por causa da Nvidia: a conhecida fabricante de GPUs conseguiu desenvolver uma versão de sua plataforma de cloud gaming – GeForce Now – para o navegador Safari, de propriedade da Apple. Como Fortnite é um dos jogos disponíveis no serviço, ele entraria para o portfólio de títulos jogáveis nos celulares e tablets da “Maçã”, cujo navegador é o Safari.

O que deve ser um golpe mais duro no orgulho da Apple, porém, é o fato de que, desta forma, a Epic Games, publisher de Fortnite, não teria que pagar um centavo à empresa sediada em Cupertino, Califórnia, haja vista que ela não estaria fazendo uso direto de sua estrutura de hospedagem de aplicações.

Reprodução

O serviço GeForce Now, da Nvidia, permite que você rode via streaming qualquer jogo de PC em qualquer dispositivo. Isso pode levar Fortnite de volta ao iPhone – o que seria um golpe duro para a Apple. Imagem: Nvidia/Divulgaçao

Apple e a Epic Games estão envolvidas em uma briga judicial relacionada à disponibilidade de Fortnite nos serviços e plataformas iOS/iPadOS. O jogo, que era hospedado dentro da App Store, obrigatoriamente deveria repassar 30% de seu faturamento à Apple, conforme os termos de serviço que a loja impõe a desenvolvedores. O que a Epic Games fez foi criar uma forma de pagamento direto dentro do jogo, evitando o pagamento de referida taxa.

A partir daí, a Apple acionou seu departamento jurídico, removendo Fortnite da loja virtual e alegando a Epic Games de ser “caroneira”, ou seja, aproveitar-se do sucesso da App Store sem ter que pagar por isso, conforme manda o contrato. A Epic Games, por sua vez, acusa a Apple de empregar práticas anticompetitivas, que inibem a inovação do mercado, argumentando que o uso da taxa de 30% acaba minando o consumidor. Vale citar: Spotify e Tinder já usaram do mesmo argumento – ao pagar a taxa à Apple, as duas empresas aumentaram valores de assinatura em dispositivos iOS para compensar o gasto no bolso do usuário.

Reprodução

Fortnite é um dos jogos online mais populares do mundo, com cerca de 350 milhões de jogadores segundo o Statista. O título, porém, foi banido pela Apple por tentar escapar de taxas pertinentes à App Store. Imagem: Epic Games/Divulgação

Apple e Epic estão envolvidas em uma ampla briga judicial, envolvendo processos e contra-processos de ambas as partes. Entretanto, a situação com a Nvidia acaba favorecendo a Epic, uma vez que não há nenhuma regra da Apple que proíba apps terceirizados de usarem seus sistemas de navegação – ou seja, o Safari – para rodarem seus serviços. Mais além, como o uso do Safari é compreendido como “navegação pela internet” – algo pelo qual a Apple não tem como cobrar -, a Epic Games não teria que pagar um centavo à empresa liderada por Tim Cook.

Considerando que o GeForce Now roda jogos via streaming, qualquer jogo disponível dentro do serviço (o que inclui Fortnite) poderá ser rodado em qualquer dispositivo – incluindo iPhones e iPads. Atualmente, a plataforma está disponível para macOS, Windows e Chrome OS (exclusivamente em Chromebooks), além do Android. A Nvidia ainda não falou nada sobre o lançamento do GeForce Now para iOS, mas especialistas acreditam que isso deve acontecer até o final de 2020.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/games-e-consoles/noticia/gracas-a-nvidia-fortnite-voltara-a-rodar-no-iphone-e-ipad-saiba-como/109816

Deixe seu comentário