SpaceX vai transportar cargas militares ao redor do mundo em uma hora

O Pentágono e a SpaceX estabeleceram um acordo para o desenvolvimento de um sistema capaz de transportar cargas militares de suas bases nos EUA a qualquer lugar do mundo em apenas uma hora. A parceria foi anunciada durante um evento virtual do USTRANSCOM (U.S. Transportation Command) na última quarta-feira.

Atualmente os militares norte-americanos usam aviões Boeing C-17 Globemaster III para transportar soldados, suprimentos e equipamentos para bases aliadas e campos de batalha em todo o mundo. Desenvolvido na década de 90, ele pode transportar até 77,5 toneladas de carga ou 134 soldados, e tem uma velocidade máxima de 1.080 km/h.

A demanda por transporte aéreo vem aumentando, mas os militares dos EUA não tem como adquirir mais C-17 para atendê-la, já que a aeronave deixou de ser produzida em 2015. As 279 unidades já fabricadas continuam em operação, mas há a necessidade de pensar em uma alternativa para uso futuro.

“Imagine mover o equivalente à carga de um C-17 para qualquer lugar do globo em menos de uma hora”, disse o General Stephen R. Lyons, do Exército dos EUA, Comandante do U.S. Transportation Command. “Há muito potencial aqui.

Reprodução

(Boeing C-17 Globemaster III, principal avião de carga das forças armadas dos EUA. Foto: Exército dos EUA / Domínio Público)

“Nos últimos 75 anos, fomos limitados a uma altitude de 40 mil pés e 1.000 km/h em nosso meio de entrega logística mais rápido – o transporte aéreo”, disse o Vice-Almirante Dee Mewbourne, da Marinha dos EUA e vice-comandante do USTRANSCOM. “Quais são as possibilidades logísticas a 10 vezes estes números, quando a necessidade de suporte no outro lado do mundo é urgente?”.

Nao há detalhes técnicos de como, ou quando, o novo sistema de transporte irá funcionar. A parceria entre a SpaceX e os militares será na forma de um Acordo Cooperativo de Pesquisa e Desenvolvimento (CRADA, Cooperative Research and Development Agreements), que permite que tanto o governo quanto uma empresa privada financiem a pesquisa e dá à empresa os direitos às patentes desenvolvidas durante o projeto.

“Há muito potencial aqui e estou realmente empolgado sobre a equipe que está trabalhando com a SpaceX em uma oportunidade, talvez em 2021, de conduzir uma prova de conceito”, disse Lyons.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/ciencia-e-espaco/noticia/spacex-vai-transportar-cargas-militares-ao-redor-do-mundo-em-uma-hora/108534

Deixe seu comentário