Pedidos da Apple podem ser entregues em até um dia nos EUA e Canadá

A Apple está adotando uma nova modalidade de envio de seus produtos para americanos e canadenses. Residentes dos dois países que morarem perto de lojas oficiais da marca poderão receber suas encomendas no dia seguinte à compra, sendo que o produto virá diretamente da loja, sem que ele seja repassado para um centro de distribuição. A medida foi desencadeada pelas várias ações da gigante da tecnologia para proteger clientes e funcionários do contágio pela Covid-19.

A tendência popularizada por outras redes de varejo parte da ideia de aproveitar os itens já existentes em estoque, que poderão ser enviados diretamente aos consumidores. Apenas nos EUA e Canadá, a Apple possui quase 300 lojas, o que faz com a nova modalidade atinja milhares de usuários de iPhones, Macs, iPads e outros acessórios.

Reprodução

(Lojas da Apple usarão estoque próprio para acelerar envio de pedidos. Créditos: EQRoy/Shutterstock)

Antes, os produtos eram enviados para um centro de distribuição para, posteriormente, serem postados para os endereços dos compradores. Em outras ocasiões, os eletrônicos eram enviados diretamente da China. Para executar a nova forma de envio, a Apple terá como parceiros a United Parcel Service, no Canadá, e a FedEx, nos Estado Unidos. A novidade significa menos tempo de espera para pessoas que moram mais longe de centros de distribuição e mais perto de lojas da marca, mais especificamente a menos 160 quilômetros de um estabelecimento comercial Apple.

De qualquer forma, a empresa de tecnologia destaca que não será possível que os clientes escolham a modalidade de entrega, sendo ela dependente apenas da decisão da equipe de operações das lojas.

Cabe frisar que a gigante do Vale do Silício já vinha testando o programa com uma pequena parcela de suas lojas desde que estas foram autorizadas a reabrir. Segundo a própria Apple, a prática reduz custos, melhorando potencialmente as margens do produto e é benéfica para o meio ambiente.

Mudanças no atendimento

A Apple tem aplicado várias mudanças em seu atendimento e outros serviços desde que as recomendações contra a Covid-19 passaram a valer. Nesta mesma linha, a empresa já discute a conversão de lojas selecionadas em suporte online ou em call centers de vendas, caso estes locais precisem ser fechados novamente por conta da pandemia.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/pedidos-da-apple-podem-ser-entregues-em-ate-um-dia-nos-eua-e-canada/108550

Deixe seu comentário