5G deve beneficiar comunidades rurais rapidamente, aponta análise

A implementação da tecnologia 5G para conexão digital deve ter impactos significativos e rápidos em comunidades rurais, além das grandes metrópoles. A conclusão é de uma análise do jornalista e especialista em informática Jim Salter.

O 5G ocupará três frequências de rádio com características bastante diferentes entre si. As duas primeiras, de baixa e média frequência (600MHz a 900MHz e 2.5GHz a 4.2GHz) foram denominadas redes 5G abaixo de 5GHz, e são naturalmente mais poderosas em alcance.

A rede de alta frequência ocupa um grande espaço do espectro de rádio: entre 28GHz até 52.6GHz. Nesta faixa, as ondas de rádio tem a característica de terem menor alcance espacial. Logo, para cobrir um grande espaço, são necessárias mais antenas, o que torna a implantação da infraestrutura mais custosa.

Reprodução

(Infraestrutura 5G já está trazendo melhorias de conexão para população rural norte-americana. Imagem: Pixabay)

Por isso, empresas de telecomunicação em países como os EUA, com territórios vastos, investiram na utilização de antenas de baixa e média frequência. Isto garante mais alcance, mas perde-se na qualidade de conexão, quando se compara à faixa de alta frequência.

A criação da infraestrutura 5G baseada nas frequências abaixo de 5GHz darão efeitos positivos para algumas localidades, no entanto. É o caso dos moradores de zonas rurais dos Estados Unidos. Nestes locais, aonde a densidade populacional é pequena e as distâncias são maiores, a utilização de alta frequência da nova tecnologia seria inviável para investimento no atual cenário.

Reprodução

(aBenchmark de velocidades de download mostram grande salto de qualidade na conexão da operadora Verison, nos EUA. Imagem: OpenSignal)

Isso não impediu, no entanto, que as outras faixas, mais semelhantes a tecnologias anteriores, não tivessem excelentes resultados de conexão com a internet. Pesquisa realizada pela OpenSignal mostra que o salto de qualidade na taxa de download pela operadora americana Verizon é de quase vinte vezes: no 4G, a média nacional estava em 24,7 Mbps, enquanto o 5G de baixa frequência registrou 507 Mbps.

Dada a maior praticidade de implementação e baixa demanda por conexão, em comparação às regiões de grandes metrópoles nos EUA, é possível dizer que a população rural já é uma grande beneficiada pela implementação da nova infraestrutura de conexão.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/pro/noticia/5g-deve-beneficiar-comunidades-rurais-rapidamente-aponta-analise/107054

Deixe seu comentário