Tesla pretende lançar seguro para carros até o fim do ano

Aproveitando seu bom faturamento e desempenho no mercado de veículos, a Tesla quer ir além. O CEO da montadora, Elon Musk, anunciou na quarta-feira (22) que pretende lançar um seguro para carros em vários estados dos EUA até o fim do ano.

Em uma ligação com investidores, Musk disse que a Tesla está no processo de “construir” o que ele chamou de “grande companhia de seguros”, conforme reportou o Business Insider. A ideia é usar os dados coletados em seus veículos para oferecer produtos mais baratos aos motoristas.

“O ponto que queremos chegar com o Tesla Insurance é poder usar os dados coletados em nossos carros, no perfil do motorista, para avaliar correlações e probabilidades de acidentes e conseguir estimar um valor mensal ao cliente”, disse.

Vale lembrar que a Tesla já tentou lançar um seguro em 2019. Na época, a montadora anunciou um plano de seguro interno para motoristas que supostamente seria 20% menor que os concorrentes. A tentativa não vingou por diversos motivos, incluindo falhas tecnológicas e erros de cálculos.

Reprodução

Tesla usará os dados coletados em seus veículos para oferecer produtos mais baratos. Foto: Tesla

Direção perigosa

Os proprietários de veículos da Tesla, de fato, precisarão de um bom seguro, visto que a montadora já teve seus carros elétricos envolvidos em uma série de acidentes. No mais recente deles, ocorrido em junho, um Tesla Model 3 bateu no teto de um caminhão tombado na Rodovia Nacional 1 de Taiwan.

A batida foi ocasionada por uma falha do piloto automático da Tesla, que não detectou um grande objeto retangular bem na sua frente, em plena luz do dia. Já vimos outras falhas como essa no Autopilot, especialmente envolvendo objetos grandes e estáticos.

O sistema da Tesla usa principalmente câmeras para orientar o Autopilot, mas acidentes anteriores tiveram características similares: um objeto grande, de cor clara e imóvel na estrada em um dia claro e ensolarado. Isso indica que o sistema tem dificuldades para identificar esse tipo de ameaça.

Em geral, objetos que não estão em movimento são um desafio para sistemas de frenagem automática de emergência e sistemas autônomos.

Felizmente, ninguém se feriu gravemente na batida, mas o Model 3 sofreu grandes danos e ficou coberto por um tipo de “molho”, segundo uma fonte.

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/tesla-pretende-lancar-seguro-para-carros-ate-o-fim-do-ano/104044

Deixe seu comentário