Canadense bate recorde com robô de competição de 1,6 tonelada

O canadense Jonathan Tippett, de Vancouver, entrou recentemente para o Guiness Book, o livro dos recordes, com o maior exoesqueleto tetrápode já criado. A máquina, com quatro patas e “presas” frontais que a fazem parecer um elefante, foi batizada de Prosthesis (Prótese, em inglês). Ela tem 3,96 metros de altura, 5,1 metros de comprimento, 5,51 metros de largura e pesa quase 1.600 quilos.

Prosthesis não é um robô, já que é incapaz de se mover sozinha. A máquina é controlada por um piloto no cockpit, que “veste” um mecanismo que transmite seus movimentos para os quatro membros da máquina, movidos por um sistema hidráulico. Tudo é alimentado por uma bateria de 96 volts, feita sob medida e capaz de fornecer 36 Kwh.

Segundo Tippett, a ideia era construir “uma máquina que celebrasse a eterna busca pelo domínio físico e habilidade humana”. Todo o processo levou 13 anos: 9 anos de planejamento, 1 ano de construção e, desde então, 3 anos de testes.

Apesar do tamanho, Prosthesis é bastante ágil, e pode atingir uma velocidade máxima de 32 km/h. Seu criador tem como objetivo criar um esporte que “colocará piloto contra piloto em imensas e ágeis máquinas elétricas de alta potência, em corridas off-road”. Para isso, já está trabalhando em uma segunda geração, menor e mais ágil.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/canadense-bate-recorde-com-robo-de-competicao-de-1-6-tonelada/96260