Aplicativo ajuda pessoas com depressão

O problema da saúde mental é cada vez mais grave em todo o mundo. No Reino Unido, por exemplo, aproximadamente uma em cada quatro pessoas enfrenta problemas de saúde mental, de acordo com a instituição Mind. Embora muitos digam que o número desses quadros crescem por causa da tecnologia- especialmente por culpa das redes sociais- alguns encontraram formas de ajudar as pessoas por meio dela.

É o caso do aplicativo “Flow”, desenvolvido pela empresa de dispositivos médicos, Flow Neuroscience, que funciona como um terapeuta de chatbot e visa ajudar aqueles que têm problemas de saúde mental, enquanto esperam para serem atendidos por um profissional médico.

O aplicativo gratuito, atualmente disponível no iOS – que será lançado no Android dentro de um mês – envolve os usuários em conversas diárias para oferecer técnicas de autoajuda, recursos de rastreamento de humor, vídeos selecionados para melhor visualizar a saúde mental, meditação e exercícios mentais.

O aplicativo foi criado por uma equipe de psicólogos clínicos e especialistas em aprendizado de máquina e é baseado nas últimas pesquisas em psicologia e neurociência. A principal vantagem é o fácil acesso ao bot e a sua disponibilidade de atendimento 24 horas. O “Flow” também oferece anonimato para o paciente.

O aplicativo foi aprovado no Reino Unido e na União Europeia para tratar o transtorno depressivo. O chatbot também trabalha ao lado do fone de ouvido Flow, um estimulador cerebral de terapia comportamental para tratar a depressão sem a necessidade de medicação. Segundo alguns jornais de medicina, o headset do aplicativo apresenta efeitos semelhantes ao antidepressivo, porém com menos danos colateriais.

De acordo com as descobertas de Flow, 24% de seus usuários superaram completamente a depressão, enquanto 41% se sentiram pelo menos 50% melhor após 6 semanas de tratamento com estimulação cerebral. Atualmente, a Flow está em negociações com o NHS – Departamento de Saúde e Assistência Social – para potencialmente disponibilizar seus fones de ouvido mediante receita médica, mas, por enquanto, custa 399 libras (cerca de R$ 2.000) no Reino Unido.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/aplicativo-ajuda-pessoas-com-depressao/91225

Deixe seu comentário