Cientistas usam alvejante e física quântica para detectar câncer

Equipe do MIT e da Rice University desenvolveu método rápido e fácil para iluminar tumores e detectar células cancerígenas.

Uma equipe de cientistas do MIT e da Rice University descobriu recentemente um novo método para criar partículas quânticas (os qubits). A descoberta pode definitivamente revolucionar tanto a computação quântica quanto as pesquisas sobre a cura câncer. Curioso é que tudo foi feito usando um pouco de alvejante doméstico e luz ultravioleta.

Qubits são as unidades básicas de informação usadas na computação quântica. Normalmente, quando os cientistas as criam, elas passam por um processo bastante complexo. Esses métodos demorados geralmente exigem tentativa e erro e raramente produzem resultados perfeitos.

No entanto, o método criado pela equipe do MIT/Rice é rápido, fácil e sempre produz geradores de fótons únicos e perfeitos. O processo envolve a criação de defeitos quânticos fluorescentes através do brilho da luz UV no composto químico NaCIO (o alvejante comum). Esses “defeitos” são usados como parte de um sistema de imagens para iluminar efetivamente os tumores para detecção de câncer. O novo método não só torna mais fácil criá-los, mas eles ficam muito mais brilhantes usando a técnica da equipe.

“Agora podemos sintetizar rapidamente esses defeitos quânticos fluorescentes em um minuto, simplesmente usando alvejante comum e luz. E nós podemos produzi-los em larga escala facilmente”, disse Ching-Wei Lin, um co-autor da pesquisa.

Na luta contra o câncer, isso significa que os cientistas podem explorar a física quântica usando nada além de alvejante comum e luz para fotografar tumores.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/cientistas-usam-alvajante-e-fisica-quantica-para-detectar-o-cancer/89079

Deixe seu comentário