Qualcomm está trabalhando em chipset para dispositivos “wearables”

Processador deve ter uma arquitetura de 64 bits e poderá se chamar “Wear 429” ou “Wear 2700”.

De acordo com um relatório da WinFuture, a Qualcomm está planejando um novo chipset para dispositivos Wear OS (a versão do Android para smartwatches) que será chamado de “Snapdragon Wear 429” ou “Snapdragon Wear 2700”, com núcleos de CPU Cortex A53 de 64 Bits.

No ano passado, a Qualcomm prometeu uma revitalização dos smartwatches Wear OS com o lançamento de seu processador Snapdragon Wear 3100. O chip deveria dar uma nova vida ao mercado de wearables, mas, em vez disso, acabou sendo um fracasso graças ao desempenho inconsistente e à baixa autonomia de bateria. Para fins de comparação, o Wear 3100 usa núcleos de CPU Cortex A7 de 32 Bits, mais antigos.

Essencialmente uma versão modificada do processador Snapdragon 429 para smartphones, o novo chip para smartwatches deve ter 8 GB de armazenamento junto com 1 GB de RAM LPDDR3.

Há uma menção de um componente “Track3” para a plataforma, que, segundo o WinFuture, provavelmente será usado para oferecer maior eficiência e duração da bateria. Outras coisas que merecem destaque incluem Bluetooth 5.0, suporte à memória flash EMMC 5.1 e um modem LTE.

Acredita-se que a Qualcomm esteja no início do desenvolvimento do novo chip, o que significa que provavelmente demorará um pouco até sua chegada ao mercado. A perspectiva de um novo processador para o Wear OS que realmente cumpra suas promessas é bastante animadora, mas o Google vai precisar de mais do que apenas um novo chipset se quiser alavancar seus produtos nesse mercado que já está em vigor há alguns anos.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/qualcomm-esta-trabalhando-em-chipset-para-dispositivos-wearables/87827

Deixe seu comentário