Xiaomi terá leitor de impressão digital em telas LCD a partir de 2020

Tecnologia permite que celulares mais baratos tenham acesso à tecnologia.

Os scanners de impressão digital incorporados à tela do celular já estão se tornando cada vez mais comuns entre os smartphones, e em breve eles podem se tornar um recurso padrão. A Xiaomi, no entanto, pretende dar um novo passo para a tecnologia: a empresa pretende integrar essa tecnologia a telas LCD.

Até agora, a solução de impressão digital na tela só é possível em um display OLED da empresa. Os sensores ópticos e ultrassônicos de impressão digital costumam ser mais limitados a dispositivos premium, e a razão para isso é que, em sua forma atual, os scanners são incompatíveis com os painéis LCD, normalmente encontrados em dispositivos mais baratos.

Algumas empresas buscam soluções para incorporar a leitura de impressão digital a painéis LCD, como é o caso da chinesa Fortense. A Xiaomi, no entanto, não deve adotar a tecnologia neste ano, e os primeiros aparelhos com a tecnologia devem chegar só em 2020, o que já foi confirmado por um diretor de produtos da empresa, Wang Teng. Segundo ele, a empresa poderá usar a tecnologia em um dispositivo acessível de preço inferior a 2.000 yuans, equivalente a R$ 1.160.

“As impressões digitais da tela LCD são tecnicamente viáveis, mas este ano deve ser menos provável de ter um lançamento de produto. O mais rápido seria o final do ano ou o mais provável no ano que vem”, afirmou Teng.

Agora, a Xiaomi acredita que isso permitirá criar smartphones de baixo custo que possuem o recurso popular. Na verdade, afirmou que os primeiros dispositivos chegarão no final deste ano ou no início de 2020, o último dos quais é o prazo mais provável.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/xiaomi-usara-a-solucao-de-impressao-digital-na-tela-lcd/85427