Sensor criado pela Samsung abre caminho para câmeras de 64 megapixels

A melhora na resolução e na capacidade de gerar boas fotos com pouca luz podem colocar a empresa como líder do mercado de sensores de imagens, ultrapassando a Sony.

A Samsung anunciou um novo sensor de imagem para celulares com uma resolução mais alta do que qualquer coisa comparável no mercado. O ISOCELL Bright GW1 é um sensor de 64 megapixels, o que significa que ele terá dimensões maiores e pode capturar mais luz no geral.

Em uso normal, o Bright GW1 funcionará como um sensor de 16 megapixels, mesclando quatro pixels em um, da mesma forma que os atuais sensores de 48 megapixels da Samsung combinam 4 pixels para criar um sensor efetivo de 12 megapixels. Ao fazer isso, a área efetiva de pixels quadruplica, permitindo que você tire fotos nítidas e claras, mesmo com pouca luz.

O chip também usará os mesmos pixels do tamanho de 8 micrômetros. Isso significa que ele será fisicamente maior e terá mais capacidade de coleta de luz, podendo decodificar o filtro de cores para ter melhor resolução com uma boa iluminação.

Reprodução

O ISOCELL GW1 suporta um grande alcance dinâmico (HDR) em tempo real, de até 100 decibéis (dB), que é suficiente para fornecer matizes mais ricas. Em comparação, a faixa dinâmica de um sensor de imagem convencional está em torno de 60dB, enquanto a do olho humano é tipicamente considerada em torno de 120dB. Em vídeo, o novo sensor GW1 pode capturar vídeos full HD em até 480 fps para gravação no modo câmera lenta super suave.

Ao lançar a novidade a marca sul-coreana pode se tornar a líder de mercado no setor de sensores de imagens, ultrapassando a Sony, a atual líder. Os dispositivos mais atuais estão dentro da faixa de 48 pixels, em modelos de marcas como Huawei, Oppo, Vivo e Xiaomi. Agora, esse cenário muda, e a Samsung já anunciou que espera que começar a produção em massa dos sensores de 64 megapixels já no segundo semestre deste ano.

 

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/sensor-criado-pela-samsung-abre-caminho-para-cameras-de-64-megapixels/85619

Deixe seu comentário