Huawei participa de criação de coleção de roupas a partir de IA

A parceria entre a fabricante de smartphones chinesa e a grife ANNAKIKI possibilitou a criação de um banco de imagens que pode fazer infinitas combinações de modelos de roupas.

É preciso admitir que a inventividade das empresas chinesas é de se tirar o chapéu. A Huawei acaba de lançar o “Fashion Flair”, uma abordagem de design de moda que combina o poder da inteligência artificial (IA) de smartphones com um toque criativo.

Assim, são criados designs exclusivos de moda em diversos estilos. Para apoiar o lançamento, a companhia uniu-se a Anna Yang, diretora de criação e fundadora da grife ANNAKIKI, para criar e executar a primeira coleção de moda do mundo feita por IA, com 22 peças exclusivas. As peças foram apresentadas no SuperStudio+, em Milão.

A Huawei desenvolveu um aplicativo para criar a coleção, o “Fashion Flair”. Ele foi treinado com a inclusão de dezenas de milhares de imagens de moda dos últimos 100 anos mais um conjunto específico de imagens da coleção de ANNAKIKI.

A IA do Huawei P30 e do Huawei P30 PRO, com base nos filtros usados no aplicativo, criou uma proposta para uma primeira peça, que foi desenvolvida por Anna. O aplicativo, uma vez que todas as imagens são processadas, tem a capacidade de criar propostas infinitas e apresentar aos estilistas incontáveis possibilidades criativas.

“Para este projeto, experimentei algo que nunca havia feito antes: a IA de um smartphone como ponto de partida de meus designs”, afirma Anna. “A IA so Huawei P30 Pro se tornou uma fonte de inspiração sempre presente e me possibilitou desenhar roupas de maneira diferente. A criação conjunta com a tecnologia é extremamente instigante e tenho certeza de que, no futuro, a tecnologia terá um papel diferenciado no mundo da moda ao abrir cenários completamente novos que hoje só podemos imaginar.”

O Fashion Flair é um projeto experimental que demonstra como a tecnologia pode influenciar o processo criativo. Ele representa um novo capítulo da “Humanly Possible” da Huawei, uma narrativa na qual a tecnologia atua como capacitador para suprir as necessidades dos seres humanos.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/huawei-participa-de-criacao-de-colecao-de-roupas-a-partir-de-ia/85716

Deixe seu comentário