Android reduz em 98% o número de apps com acesso a SMS e chamadas

A empresa fica mais rígida com as permissões para aplicativos e limita o número daqueles que terão acesso a SMS e chamadas.

Depois dos vários escândalos relacionados à privacidade, o Google decidiu lançar o Projeto Strobe, uma série de medidas para limitar as permissões dos aplicativos nos smartphones de quem os instala.

Essas medidas incluem a capacidade de aceitar ou negar permissões ao conectar um aplicativo à sua conta do Google, além de limitar o acesso de apps de terceiros aos dados do Gmail. Além disso, durante o Google I/O 2019, a empresa anunciou que o número de aplicativos que usam permissões de SMS e chamadas caiu 98% nos últimos meses.

O Project Strobe causou grande impacto no Google Play, que acabou se tornando mais restritivo na hora de dar suporte a aplicativos. Os desenvolvedores receberam um formulário online que avisava das mudanças e dava um prazo até março deste ano para que eles fizessem as alterações necessárias em seus apps. A partir daí, aqueles que não enviaram este formulário preenchido, detalhando as modificações executadas, teriam seus programas removidos da loja oficial de apps do Android.

A regra geral era que somente os aplicativos padrões de SMS e Telefone poderiam solicitar o acesso a essas permissões. Entretanto, ao final, o Google ampliou sua decisão e também admitiu outros tipos de apps, como aqueles destinados ao backup, sincronização com wearables, identificação de chamadas ou gerenciamento de tarefas. Isso tornou possível que programas populares como o TrueCaller, Tasker ou Mi Fit, e outros, não fossem eliminados.

Assim, essas medidas entraram em vigor e o número de pedidos usando permissões foi reduzido em 98%. De acordo com o Google, esta queda se deve ao fato dos desenvolvedores realizarem a transição para o API SMS Retriever, para evitar que seus aplicativos continuem a solicitar acesso ao SMS ao verificar novas contas de usuário. A empresa ainda apontou que ajudou os desenvolvedores a fazer essa transição.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/google-play-reduz-em-98-o-numero-de-apps-com-permissao-para-acessar-smss-e-chamadas/85654

Deixe seu comentário