Android Q terá 53 novos emojis; conheça as novidades

Trata-se de uma tentativa do Google de simplificar o teclado de \”carinhas\” com personagens mais universais, incentivando a inclusão de indivíduos não-binários.

O Google está lançando uma fornada de 53 emojis identificados com o gênero fluido, ou seja, desenhados especialmente para não se parecerem nem com uma mulher, nem com um homem. A novidade vai aparecer ainda nessa semana em telefones Pixel, em versão beta, e deve chegar a todos os aparelhos com Android Q a partir dos próximos meses.

De acordo com o Fast Company, trata-se de uma tentativa do Google de simplificar o teclado de “carinhas” com personagens mais universais, incentivando a inclusão de indivíduos não-binários e reinterpretando o emoji padrão anterior, que representava um “pequeno homem amarelo”. Os primeiros sinais dessa iniciativa puderam ser vistos no Android Pie, no ano passado. O objetivo é criar desenhos de emojis que tragam referências tanto masculinas, quanto femininas ao mesmo tempo.

A abordagem varia entre diferentes personagens. Alguns apostam no cabelo unissex de comprimento médio; outros, como o emoji de drácula, tem as roupas trocadas: em vez de vestir uma gravata (homem) ou uma gargantilha (mulher), a figura usa uma correntinha casual. Na versão “neutra”, o personagem também aparece com os braços cruzados à frente do seu peito nu para escondê-lo.

O desafio da inclusão

O número de emojis explodiu para mais de 3 mil, desde o grupo original com 176 figuras lançado em 1999. Alguns são personagens e símbolos completamente novos, ao passo que outros são variações de etnia e gênero para emojis já existentes. A abordagem atual é mais inclusiva, mas não deixa de ter seus problemas, mesmo porque é quase impossível agregar todas as características de identidade no teclado sem deixá-lo mais extenso e bagunçado.

Outro problema é que os desenhos têm gêneros diferentes quando o padrão Unicode não especifica um. Por exemplo, o design do Google para a pessoa em uma sauna é feminino, mas no iOS o personagem é masculino. Isso significa que o gênero do emoji pode mudar quando as mensagens são enviadas entre plataformas, gerando confusão.

Reprodução

“Não há um jeito único de acertar”, admite Jennifer Daniel, designer do Google, em entrevista ao Fast Company. “Gênero é complicado. É impossível comunicar gênero em uma imagem apenas. É uma construção. Isso vive dinamicamente em um espectro. Eu pessoalmente não acredito que exista uma solução visual, mas vejo que evitar essa questão é a atitude errada aqui. Você precisa encará-la de frente para entender.”

Por ora, o pacote de 53 emojis é exclusivamente um projeto do Google, o que significa que, se você enviá-los para smartphones não-Google, eles ainda serão associados a um gênero específico. No entanto, Daniel acredita que outras empresas acabarão adotando uma abordagem semelhante naturalmente. A designer deseja que todos os emojis sejam mais universais a longo prazo, com direito a tornar o emoticon inclusivo o novo padrão no teclado emoji, por exemplo – sem que isso exclua os antigos emojis de gênero.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/google-adiciona-53-emojis-com-genero-indefinido-ao-android-q-entenda/85631

Deixe seu comentário