No embalo de Bandersnatch, Netflix quer mais programas interativos

Se você é fã de “Black Mirror: Bandersnatch”, fique atento: a Netflix anunciou, em Mumbai, que pretende produzir mais programas interativos como ele para sua plataforma de streaming. Com isso, mais conteúdo original no estilo “Você decide” deve ser adicionado ao catálogo.

O vice-presidente de produtos da empresa, Todd Yellin, aponta o êxito de Bandersnatch como um fator central para a iniciativa. “É um enorme sucesso em todo o mundo. Então, percebemos: Nossa! Deveríamos apostar mais em narrativas interativas”, afirma. “Estamos dobrando os esforços nisso. Portanto, esperem ver mais histórias com interatividade nos próximos anos.”

A Netflix explica que os futuros programas interativos podem não se enquadrar no mesmo gênero distópico e sombrio de Bandersnatch. “Não será necessariamente de ficção científica ou sombrio. Pode ser uma comédia maluca. Pode ser um romance, em que o público escolha se uma moça quer sair com um ou com outro pretendente”, detalha Yellin.

Yellin anunciou, ainda, mais conteúdo indiano. A produção deve ser dobrada ano após ano de forma exponencial. Ele aponta o sucesso de “Sacred Games”, série indiana original da Netflix sobre um policial que persegue um senhor do crime. Para Yellin, a audiência demonstra como programas de nicho cultural podem ter apelo global: dois em cada três espectadores da série são de fora da Índia.

Em busca de maior sucesso global, a Netflix também vai dublar suas produções originais para mais idiomas. A série de super-heróis Umbrella Academy, em particular, está atualmente disponível em 25 línguas e, no próximo ano, estará disponível em 30, segundo Yellin.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/no-embalo-de-bandersnatch-netflix-quer-mais-programas-interativos/83607