Apple estaria trabalhando em modem próprio para substituir os da Intel

A Apple vai projetar seus próprios modems, de acordo com fontes que conversaram com a agência de notícias Reuters. Ao fazê-lo, a empresa pode deixar para trás os modems da Intel em seus dispositivos móveis, usados desde o recente desentendimento com a Qualcomm.

De acordo com as fontes, a equipe que trabalha no design de modem agora se reporta a Johny Srouji, vice-presidente sênior de tecnologias de hardware da Apple. Srouji ingressou na companhia em 2004 e liderou o desenvolvimento do primeiro system on a chip (SoC – principais componentes do PC em um único chip) da Apple, o A4. Ele supervisionou toda a parte de hardware desde então, incluindo os recentes A12 e A12X nos novos modelos iPhone e do tablet iPad Pro.

Antes desse movimento, o trabalho de supervisão de hardware da Apple acabou caindo sob o domínio de Dan Riccio, que dirigia a engenharia para iPhones, iPads e Macs. Como a Reuters observou, essa divisão estava fortemente focada no gerenciamento da cadeia de suprimentos e no trabalho com componentes fabricados externamente.

O fato de a equipe estar se mudando para o grupo com foco no desenvolvimento de componentes internos é um forte sinal de que a Apple, no futuro, não procurará por modems fora de seus próprios muros.

Nos últimos anos, a Apple ficou presa em uma série complexa e onerosa de batalhas judiciais com a Qualcomm, maior fabricante de CPUs e modems para o setor mobile. Enquanto a Apple usava anteriormente os modem da Qualcomm em seus telefones, as lutas judiciais levaram a Maçã a se voltar para a Intel em iPhones recentes.

No final do ano passado, a Apple anunciou que expandiria a contratação de funcionários em San Diego, onde a Qualcomm está baseada. Todas as áreas onde a Apple anunciou planos de construir um novos campus ou lançar grandes iniciativas de contratação, parecem ter sido escolhidas por causa de  grupos específicos de trabalhadores altamente qualificados, onde a empresa poderia atrair profissionais como os da Qualcomm.

Quando você pergunta a um representante da Apple o que dá à empresa uma vantagem competitiva ou torna seus produtos de alta qualidade, eles normalmente explicam que a ela procura controlar o maor número possível de processos internamente. E menciona como isso permite que equipes em diferentes disciplinas podem customizar soluções mais poderosas umas para as outras dentro da organização.

Foi isso o que disseram ao site Arstechnica, quando perguntaram a Phil Schiller como a empresa alcançou desempenho de tablet sem precedentes no A12X para os iPad Pros do ano passado.

E este é apenas mais um passo nessa estratégia. No final do mês passado a Apple havia contratado um executivo de baterias da Samsung, provavelmente para fabricar suas próprias baterias de íons de lítio em casa. A Apple também está trabalhando no desenvolvimento de CPUs que substituirão as CPUs da Intel por alguns, se não todos, os modelos de Mac no futuro.

Ainda assim, pode levar vários anos para a Apple ter um produto de modem viável. O domínio da Qualcomm nessa área é significativo. Por enquanto, sabemos apenas as intenções futuras da empresa, e não quando elas serão concretizadas.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/apple-estaria-trabalhando-em-modem-proprio-para-substituir-os-da-intel/82632

Deixe seu comentário