Intel prevê que mercado de carros autônomos vai movimentar R$ 25 trilhões até 2050

A Intel não esconde que está bastante interessada em desenvolver aplicações para veículos autônomos. Mais uma evidência desse desejo foi revelada nesta sexta-feira, 2, após a empresa divulgar o resultado de uma pesquisa realizada pela Strategy Analytics que projeta que o setor movimentará US$ 7 trilhões (R$ 25 trilhões, na cotação atual) até 2050.

Este novo lucrativo mercado, batizado pela companhia de “economia dos passageiros”, desponta como um dos objetivos de investimentos da Intel para um futuro não tão distante. Vale lembrar que a empresa já desenvolveu uma área própria para trabalhar com a tecnologia, em San José, na Califórnia.

Por enquanto, a previsão para a chegada efetiva dos veículos autônomos no mercado é para o ano 2021. Contudo, esses veículos devem levar ainda um bom tempo, após esta data, para chegarem ao Brasil.

É importante deixar claro que esse não é o valor que a Intel prevê arrecadar com a nova tecnologia. A estimativa está ligada com todo o setor. Assim, estão inclusas, além das desenvolvedoras e fabricantes, empresas que pretendem utilizar os veículos para algum fim, como Uber e Cabify, por exemplo.

Os resultados detalhados do estudo preveem que cerca de US$ 3,7 trilhões serão gerados por esses serviços realizados pelos novos carros. Já US$ 3 trilhões serão movimentados pela entrega de cargas. O restante, cerca de US$ 200 bilhões, poderão ser providos do uso dos veículos para tarefas menores, como entregas de comida, por exemplo.

Mais seguros

A Intel também espera uma queda no número de acidentes graças ao aumento do número de carros autônomos nas ruas. A expectativa é de que os veículos salvem até 535 mil vidas entre 2035 e 2045.

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.uol.com.br/noticia/mercado-de-carros-autonomos-vai-movimentar-r-25-trilhoes-ate-2050-preve-intel/68746