Apple pretende fazer produção original de séries e filmes

A próxima série de sucesso dos serviços de streaming pode acabar estreando no Apple Music. De acordo com uma matéria do Wall Street Journal, a empresa da maçã pretende fazer da produção original de séries e filmes um ramo significativo de seus negócios.

Segundo a matéria, a empresa estaria considerando comprar conteúdo de outras produtoras, e estaria em busca de algo cujo sucesso pudesse rivalizar com ‘Westworld’ (da HBO) ou ‘Stranger Things’ (da Netflix). Assim como essas séries, o sucesso da Apple seria exclusivo ao seu serviço de streaming, o que atrairia mais pessoas a assinar o serviço.

De acordo com o The Verge, a empresa pretende estrear ainda em 2017 a sua primeira série escrita e produzida internamente. No entanto, é possível que trate-se da série autobiográfica sobre Dr. Dre, o rapper que fundou a Beats (empresa comprada pela Apple). A empresa já chegou a revelar alguns detalhes sobre a produção.

Um pé atrás

No entanto, o Wall Street Journal considera que o investimento da empresa seria insuficiente para colocá-la no nível de serviços como a Netflix e o Amazon Prime. Esses serviços, como lembra o The Next Web, passam por anos de investimento contínuo em produção de séries e filmes destinados a públicos diferentes – e só eventualmente acertam “na mosca” como aconteceu com ‘Westworld’ e ‘Stranger Things’.

Por esse motivo, o Wall Street Journal considera que o investimento da Apple tem como objetivo ajudá-la a encarar o Spotify. Segundo o jornal, usuários veriam mais vantagem em pagar pelo serviço da Apple se ele incluísse conteúdo em vídeo, o que poderia dar a ele uma vantagem sobre a opção gratuita de seu concorrente.

De acordo ainda com o MacRumors, a empresa também teria alegado que divulgaria os números de audiência de suas produções. Isso daria a ela uma vantagem, por exemplo, sobre a Netflix. Isso porque a Netflix não informa quantas pessoas assistem a seus filmes e séries, nem a idade média e o gênero dos espectadores, o que priva os produtores de informações valiosas.

 

 

 

 

 

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/proximo-westworld-ou-stranger-things-pode-ser-produzido-pela-apple/65296